As dez características de um líder bom e admirado. Qual delas você precisa aprimorar? Parte II

Facebookgoogle_pluslinkedin

 

Hoje vamos apresentar as demais características para tornar-se um líder bom e admirado. Iniciamos a série na semana passada.

Se você não leu a primeira parte, clique aqui e confira.

Leia abaixo a continuação dos 10 Passos Para Se Tornar Um Líder Bom e Admirado e comece agora mesmo a aprimorar ainda mais suas habilidades de liderança.

6 – Um líder sabe administrar seu tempo e possui disposição para dialogar – Dialogar presume:

  • Dispor de tempo;
  • Habilidade para falar e ouvir;
  • Abertura;
  • Ser indagado por respostas que nem mesmo as têm;
  • Empatia;
  • Benevolência.

Em meio a metas e pressões do dia a dia, é mandatório se mostrar preparado para diálogos abertos, transparentes e francos de olho no olho e que esclareçam possíveis mal-entendidos, ou seja, assuntos que sugam a energia do pessoal diariamente e os impedem de avançar para o próximo nível.

Precisamos saber utilizar o tempo a nosso favor. Evitar a execução de tarefas rotineiras e simples que a equipe pode fazer, é uma atitude de um líder admirado. É um tremendo equívoco realizar atividades simples que podem ser delegadas. Além disso, pode consumir o tempo que poderia ser gasto em diálogos mais produtivos e importantes para você e sua equipe.

Concentrar-se no que realmente importa é uma habilidade que precisa ser aprimorada. Melhore o processo de delegação de atividades.

Em alguns momentos será importante introduzir o hábito de utilizar uma agenda para anotar atividades que precisam ser executadas. Confiar na memória pode ser um tiro no pé.

Pela manhã, antes de abrir sua caixa de e-mails ou realizar qualquer outra atividade, concentre-se em listar tudo o que precisa ser realizado naquele dia e talvez nos próximos. Utilize o aplicativo Evernote, Outlook ou programa similar para gerenciar tarefas.

Tenha um trabalho padrão (ferramenta que é bastante utilizada pelo pessoal do Lean), que nada mais é que nossa agenda macro de atividades que precisamos realizar diariamente. Desta forma, as atividades macro já são programadas e priorizadas antecipadamente.

Utilizando essas dicas você terá certeza de que fará as coisas importantes primeiro e desta forma será mais produtivo. Lembre-se: o objetivo é administrar e dedicar o tempo e atenção para as pessoas, fazendo com que a equipe se sinta importante.

7- Liderar você mesmo. A disciplina da auto liderança – Antes de liderar o seu time, você precisa aprender a liderar a si mesmo. E isso significa ter um alto grau de disciplina, foco e autoconfiança para saber o que, quando e como fazer.

Uma liderança perspicaz possui condições de observar e enxergar nas pessoas o que está acontecendo. Liderar você mesmo permitirá desenvolver a habilidade de também identificar os talentos e aptidões de cada membro da equipe e também observar as pessoas que são capazes de se auto liderar.

A auto liderança pressupõe planejamento, treinamento, coordenação das atividades executadas e principalmente monitorar o resultado de forma sincera consigo mesmo sem se cobrar excessivamente e também não ser brando ao ponto de tornar-se um funcionário medíocre.

A auto disciplina pressupõe também delegar tarefas de alta complexidade e estimulantes, porém, é preciso acompanhar de perto os passos da equipe para verificar e conduzir as pessoas na direção correta.

É imprescindível escolher o talento ideal para cada atividade. Liderar você mesmo exige sim uma dose de saber delegar, pois a equipe se manterá motivada executando tarefas estratégicas e desafiadoras. É importante desafiar a equipe. Foque nos pontos fortes de cada um e nos seus também.

8 – Essência” (propósito de vida) – O líder vigilante costuma se conectar com as pessoas para compartilhar a sua essência. Será necessário partilhar os propósitos de forma clara e detalha-los.

As pessoas da equipe devem e merecem saber a sua missão/destino, para poder apoiá-lo na busca destes propósitos. Muitas vezes é necessário tomar o cuidado de não permitir que o propósito/sucesso infle seu ego. Pense nisso. Seja humilde!

Algumas pessoas não possuem um propósito de vida bem claro e definido e vão se adaptando ao que a vida sugere, mas um verdadeiro líder não atua desta forma e jamais deixam que a vida o conduzam. Pelo contrário, possui um propósito claro.

Não permita que a vida conduza você, faça exatamente o contrário e comunique seus propósitos para a equipe toda. Do contrário, quando você se der conta, o tempo já passou e a vida não o levou para onde você realmente desejaria.

Para ser um líder verdadeiramente diferenciado, você obrigatoriamente precisa saber e definir com clareza qual a sua causa, ou seja, propósito da sua vida. Se você sabe e tem consciência, excelente. Caso contrário procure refletir e pensar até onde você verdadeiramente gostaria de chegar como indivíduo e como profissional.

9 – Confiança & Equilíbrio na Vida – Um bom líder precisa transmitir autoconfiança para que tenha condições de influenciar positivamente e inspirar as pessoas. Desta forma será possível conquistar o respeito do time. Porém, para isso é necessário arriscar-se, tomar decisões e mostrar certeza em suas ações.

Sim, haverá erros, mas é preciso aventurar-se. O contrário é em certa medida acovardar-se, e você não deseja passar uma imagem de alguém covarde e que se esconde dos problemas, mas sim, de alguém confiante, mesmo que isso implique em cometer equívocos. Se isso acontecer, peça desculpas, e prossiga na caminhada. O grupo/time crescerá junto, sempre é possível extrair boas lições dos erros e tropeços.

Quando um líder consegue transmitir confiança à equipe, o sucesso torna-se uma questão de tempo, pois o time visualizará na figura do líder um porto de referência, um apoio e uma pessoa para buscar feedbacks sinceros e desenvolver-se.

É importante lembrar que o líder não necessariamente precisa ter todas as respostas, mas sim mostrar-se disposto e principalmente comprometido a encontrar junto com o time as melhores respostas.

Atuando desta forma dará uma grande demonstração de confiança à equipe, e principalmente de busca de equilíbrio dentro do grupo. Como geralmente as pessoas possuem características muito diferentes umas das outras, cabe ao líder combinar estas diferentes pessoas e habilidades afim de potencializar e harmonizar a força do time em busca de soluções inteligentes para os problemas e obstáculos que precisam ser vencidos.

O líder que sabe combinar as pessoas que possuem características diferentes das outras e que se complementam, é um profissional raro nos dias atuais. Se atuar desta forma, será capaz de encontrar nestas pessoas soluções muito mais eficientes e eficazes.

Novamente: confiança não é sinônimo de sucesso o tempo todo, haverá sim falhas e erros que precisam ser corrigidos. Por outro lado, o líder deverá atuar com tranquilidade e astúcia, reconhecendo as falhas e aprendendo com os erros e acertos para seguir crescendo junto com o time.

O equilíbrio na vida é fundamental. Ficará difícil encontrar o equilíbrio em alguns momentos, mas devemos em certa medida buscar equilibrar nossa vida. Esta busca é fundamental para alcançar o sucesso.

Em algumas organizações trabalhar demasiadamente é uma “rotina”. Em alguns casos observo que a pessoa até se orgulha em dizer que trabalha 13, 14 ou 15 horas por dia. Se orgulham ainda mais quando dizem que leva trabalho para casa e dormem apenas poucas horas por noite.

É preciso uma boa dose de cuidado, pois tudo em excesso é prejudicial. Buscar o equilíbrio entre as diversas esferas da sua vida é importante. Inclusive temos que reconhecer que em alguns momentos o trabalho pode consumir um pouco mais de nossa energia, mas não pode ser uma regra, deve ser apenas uma fase.

Agendar um tempo para dedicar-se à família é mandatório, assim como da sua saúde. Apesar dos seus familiares possuírem orgulho de você, que busca sempre dar o melhor em conforto e segurança para a sua família, o que mais importa são os bons momentos que você passa com as pessoas que ama. Um bom líder sabe disso.

Não estou dizendo que você deve sempre desligar o celular nos fins de semana, é preciso bom senso. Mas talvez em alguns momentos esta atitude seja necessária.

Procure fazer exercícios regularmente, tenha um hobby ou volte a estudar algo que traga prazer pessoal. Existe muitas atividades prazerosas que você pode desempenhar, além do trabalho. Não se torne um escravo do trabalho.

10 – Um líder é e tem um Coach – Doe-se para transformar a equipe e formar outras pessoas. Ajude o grupo, identifique pessoas que precisam de orientação e atue exaustivamente no desenvolvimento das pessoas.

Lembre-se que quem está ensinando também está aprendendo, e principalmente: torna-se capaz de liderar de forma ainda melhor. Através destas experiências você poderá exercitar o seu lado Coach e ajudará outras pessoas a atingirem o sucesso que você também está procurando como profissional.

Possuir um coach significa ter alguém para lhe orientar durante o caminho a ser percorrido. Alguém que quer o seu bem e procura fazer boas reflexões contigo. Nem sempre um Coach precisa obrigatoriamente ser um profissional formado nessa área. Você pode buscar a figura de um mentor em alguém do seu convívio, um amigo mais experiente ou um ex-chefe.

Caso tenha interesse e condições de contratar um profissional de Coach, faça-o, você irá elevar sua performance e atingirá um outro patamar.

O mais importante mesmo é possuir alguém para lhe ajudar e apoiar. Desta forma, você poderá contar com feedback e reflexões para corrigir sua rota em determinados aspectos.

Quando estiver realizando Coach com a sua equipe, é importante estar ciente que o processo irá exigir muito uma habilidade específica sua: a comunicação. O líder precisará ser um bom articulador para criar um ambiente de confiança e produtivo.

Expressar-se e explicar de forma didática os motivos do processo de Coach com o colaborador será fundamental. É relevante deixar claro aquilo que se deseja alcançar, além do porquê do processo de Coach.

Todas estas ações irão permitir que a equipe esteja verdadeiramente alinhada e engajada em alcançar os objetivos, pois todos se sentirão parte integrante do processo e protagonistas dele.

Seguindo estas dicas, você vai aprimorar sua capacidade de liderança!

Um grande abraço,

Vida que segue!

Jeferson Peres.

Se gostou, curta e compartilhe!! Ajude a divulgar este trabalho.

Facebookgoogle_pluslinkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *