As dez características de um líder bom e admirado. Qual delas você precisa aprimorar?

Facebookgoogle_pluslinkedin

 

Precisamos demonstrar resultados e ser um profissional engajado para obtermos sucesso nas empresas. Além disso, para ser um bom líder é preciso desenvolver constantemente qualidades específicas.

Muito se fala nos dias atuais sobre liderança, mas uma virtude que às vezes é negligenciada é a reciprocidade.

Entendo que a reciprocidade é fundamental para estabelecer boas conexões com e entre as equipes e seus gestores, e alguns líderes acabam negligenciando este aspecto (reciprocidade) na busca do sucesso, seja nos negócios ou também na vida de uma forma geral.

Em um primeiro momento para que possamos estabelecer fortes vínculos com as pessoas da equipe, devemos seguir a seguinte regra: “trate os outros da forma como eles gostariam de ser tratados por você”. Pronto, a reciprocidade será estabelecida. Isso não significa que não haverá cobranças, apenas precisamos aprimorar nossos relacionamentos com a equipe, e a reciprocidade é uma atitude imprescindível para melhorar nossos relacionamentos.

Infelizmente não é apenas a reciprocidade que tornará você um líder admirado, mas já é um bom começo. Considero este aspecto fundamental e o primeiro passo para ser admirado, afinal quem gosta de trabalhar com pessoas na qual não possuem empatia?!

Conseguir estruturar uma carreira sólida, coerente e de sucesso, será a consequência do reconhecimento pela execução de bons trabalhos e entrega de resultados acima do previsto. Para isso será necessário e essencial o domínio de técnicas que o mercado hoje necessita,  sendo algumas voltadas para a capacidade de gerenciar processos, projetos e pessoas.

Em alguns casos, é possível observar as empresas promoverem o melhor especialista para gestor, o que é um tremendo erro, pois nem sempre este profissional possui habilidades que favoreçam a liderança.

Por outro lado, para reverter esta tendência é mandatório uma boa dose de motivação, dedicação, determinação, disciplina, auto-liderança e vontade de aprender. Com estas atitudes será possível ser mais do que um chefe, será possível transforma-se em um verdadeiro líder.

Para isso será importante também entender as 10 características abaixo que líderes admirados possuem. Caso você visualize que precisa melhorar alguma, comece agora mesmo a trabalhar esta habilidade.

Lembrando sempre que não é suficiente conhecer o negócio e a equipe. Um bom líder obrigatoriamente precisa antes traçar seu próprio caminho para saber quem é, e onde quer chegar. Confira abaixo os 10 Passos Para Se Tornar Um Líder Admirado e comece agora mesmo a trabalhar suas habilidades de liderança.

1- Otimismo

O líder sempre deve manter uma perspectiva realista e positiva. Mesmo em situações muito adversas, são capazes de emanar esperança e entusiasmo.

Será necessário para alcançar o sucesso, manter-se tranquilo e transparecer isso, mesmo durante grandes atribulações. Aprimorar o controle de suas emoções não significa que você não as irá sentir, mas que aprenderá a lidar com elas de forma profissional e equilibrada. Será importante transformar sentimentos como ciúme, raiva, medo e inveja em algo construtivo.

Você estará sendo observado o tempo todo e cada atitude será uma semente. Entenda que suas ações, por mais simples que sejam, podem influenciar e impactar profundamente a vida das pessoas que estão ao seu redor.

Como todos estarão de olho em você, lembre-se que suas ações e atitudes podem e serão capazes de incentivar os atos de todos os demais membros da equipe. Você servirá como uma espécie de espelho ao grupo, estimulando e encorajando atitudes positivas e de otimismo.

No entanto, se as suas intenções não forem legítimas e a atuação verdadeira, as pessoas não o seguirão por muito tempo. Liderança não é o que se fala, mas o que se verdadeiramente é, principalmente em forma de exemplos e atitudes.

Resumo: seja positivo e otimista.

2- Integridade & Exemplo

Os verdadeiros líderes procuram demonstrar sua integridade diariamente e em todas as suas ações.

Como dissemos no item 1, não será suficiente apenas cobrar determinado comportamento ou atitude da equipe, se você não agir com atitudes adequadas. Procure a coerência! Sabe aquele ditado que diz: “faça o que eu mando, mas não faça o que eu faço”, não se aplica quando falamos sobre liderança. Um exemplo integro e verdadeiro é necessário e mandatório.

Algumas pessoas por terem cargos e posição de liderança, entendem que podem tratar seus funcionários com hostilidade e desrespeito. Esta percepção é um tremendo equívoco. Todos que agirem desta forma (com desrespeito), não conseguirá ter as melhores pessoas trabalhando em seu time, e muito menos contribuindo verdadeiramente para o sucesso da empresa.

A integridade é muito importante. Reconheça com integridade seus colaboradores e eles o reconhecerão como líder, ajude-os e eles o ajudarão, incentive-os e você será incentivado por eles.

Qualquer profissional deve ser justo e íntegro, porém, o líder deve ser ainda mais e em toda e qualquer situação. O líder estará sendo observado o tempo todo.

Quando falamos de integridade é importante o líder reconhecer seus erros e pedir desculpas. É desnecessário dizer que o líder deve cumprir o que promete. Por outro lado é mandatório atribuir o mérito à equipe sem querer levar a fama sozinho.

Lembremos que: liderança não é o que você diz, mas o que você é por meio de seus exemplos e atitudes. Sejamos íntegros.

3 – Um líder admirado diz “Não”

Refine a capacidade de dizer não, esta é uma característica marcante em bons líderes. Saber o exato momento de dizer não será necessário, e não ache que isso não é importante. Tenha em mente que as pessoas não irão gostar menos de você só porque disse um não.

Quando estávamos sendo educados em nossa infância, aprendemos que devemos ser bons e ajudarmos as pessoas, e não existe nada de errado nisso. Por outro lado, o problema é quando acabamos sendo condicionados a sempre dizer sim. Desta forma, podemos estar assumindo compromissos que não somos capazes de cumprir. Pense nisso.

Em alguns momentos, com medo de parecermos uma pessoa ruim aos olhos dos outros (ou até mesmo da sociedade) nós concordamos em fazer coisas das quais não gostaríamos. Portanto você deve verdadeiramente aprender a dizer não quando realmente é necessário, pois essa é uma característica imprescindível de um líder que inspira e é admirado.

É claro que precisamos dizer não apenas quando for preciso, mas é importante apresentar uma justificativa para a pessoa. Apresente alternativas, sugira que pode ser solicitado apoio de outra pessoa mais capaz e com disponibilidade para ajudar na atividade solicitada.

É relevante lembrar que as conexões pessoais precisam e devem ser mantidas mesmo em uma situação onde se faz necessário dizer um não. Muitas vezes, mesmo em uma sala repleta de pessoas, e dizendo um não, os líderes que mostram simpatia fazem com que as pessoas (mesmo recebendo um não) sintam-se como se estivessem recebendo um sim.

Aprimore a arte de dizer não.

4 – Um bom líder diversifica sua equipe e procura pessoas de potencial

Além de observar o melhor em sua equipe, o líder que possui carisma, reverencia o sucesso e talento das pessoas em evolução. Ele procura tirar o melhor de cada um.

Nunca organize sua equipe com pessoas iguais a você. Competências diferentes se complementam e um bom líder deve saber disso, e buscar na medida do possível, diversificar o grupo. Um bom planejador precisa de um bom executor ao seu lado. São pessoas se complementando e formando uma equipe de alta performance.

É necessário recrutar as melhores pessoas para trabalhar com você, desta forma, todos crescem, aprendem e evoluem. Sendo assim, escolha pessoas com estilos e formações diferentes, pois cada um terá uma forma diferente de analisar os desafios que for apresentado para a equipe.

O líder deve permitir e formar um grupo que possua diferentes perspectivas. Isso possibilitará um incremento de performance e resultados mais rápidos e eficientes.

5 – Um líder admirado encara os problemas e é humilde 

Líderes solícitos não agem como se fossem melhores que os outros, pois não pensam desta forma. Esses profissionais veem a posição de liderança como uma enorme responsabilidade para servir aqueles que os seguem.

Existe um ditado que gosto muito:

Mar calmo nunca fez bom marinheiro. Autor desconhecido.

Na sua empresa você é como o capitão do navio, e deve exercer sua plena autoridade de forma segura e principalmente responsável e envolvente, para desta forma ser capaz de cativar seus subordinados – marinheiros – a se aventurarem nas águas agitadas do trabalho.

Nunca fuja ou se esconda de uma crise, encare os problemas com responsabilidade.

Postergação ou procrastinação é uma palavra que não pode e não deve existir no vocabulário de um bom líder. O ideal é que você tente resolver os problemas assim que ficar ciente da sua existência para evitar um efeito bola de neve ou passar a impressão que determinada situação é permissível.

É importante ressaltar também que a essência da liderança não está no uso do poder ou da influência para a obtenção de benefício pessoal, mas sim pelo comprometimento e genuíno interesse pelo bem estar e desenvolvimento das pessoas que estão ao seu redor, isso chama-se altruísmo.

Como o artigo ficou extenso, resolvi dividir em duas partes. Na próxima semana irei apresentar as demais características para tornar-se um líder bom e admirado.

Seguindo estas dicas, você vai aprimorar sua liderança!

Um grande abraço,

Vida que segue!

Jeferson Peres.

Se gostou, curta e compartilhe!! Ajude a divulgar este trabalho.

Facebookgoogle_pluslinkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *