Como transformar nossas derrotas em sucesso

Facebookgoogle_pluslinkedin

Quem nunca sofreu uma derrota que atire a primeira pedra!

O fracasso é inevitável, principalmente para as pessoas que não se permitem estacionar em sua zona de conforto e estão sempre em busca de desenvolvimento. Para estas pessoas o fracasso é experimentado “com certa frequência”, porém, é perfeitamente possível superar estes desapontamentos e transformar momentos de derrota em sucesso. A grande pergunta é: como fazer isso?! Vou apresentar algumas ideias de como superar estes momentos.

É comum diante de uma situação de fracasso perdemos a confiança e ficarmos com medo. Nos sentimos sufocados e nos tornamos paralisados diante do fracasso. Fica sempre aquela pergunta: porque tentar novamente se vou falhar?

A confiança começa a ruir e este é um momento crítico.

Ao invés de nos tornarmos fortes, motivados e resilientes, iniciamos um ciclo de pensamentos negativos, desânimo e fracasso. Não podemos permitir que isso ocorra.

No esporte é muito comum um time começar a ganhar, embalar, e só parar quando se tornam campeões. Porque? Ganham confiança, resiliência e se fortalecem, neste momento tornam-se verdadeiros campeões e chegam até a enfrentar adversidades que rapidamente são ultrapassadas, pois começam a acreditar que são realmente capazes, se motivam e tornam-se imbatíveis.

Talvez na temporada seguinte o time inclusive não possua o mesmo brilho, mas continuam performando em alto nível.

Deixe seu e-mail abaixo e receba artigos e dicas imperdíveis para ter sucesso pessoal e profissional! É gratuito!

Para transformar as derrotas em sucesso é preciso ajustar o mindset (pensamento) para enfrentar estes momentos. Vamos seguir os passos abaixo?

1- Aprenda com a derrota

Sim, haverá momentos de insucesso. É difícil dizer isso, mas permita-se “saborear este gosto amargo”. Sim, você se sentirá devastado, triste e com raiva. Mas “o saborear” aqui tem o sentido de fazer com que este momento sirva como combustível e impulso para a próxima vitória.

É preciso “aprendermos” com o fracasso. Não precisamos nos fazermos de vítimas da situação. Precisamos apenas “aprender”.

Aprender com a derrota! É um clichê, mas…

“É fazendo que se aprende a fazer aquilo que se deve aprender a fazer.” Aristóteles

Além disso, existem dias em que as coisas não ocorrem como planejamos, e não alcançamos os resultados que desejávamos. Isso ocorre invariavelmente, mas novamente: é preciso refletir e “aprender”. Permita-se aprender e evoluir com esta derrota.

É mandatório transformar os desapontamentos e insucessos em aprendizados. É a melhor maneira de transformar nossas derrotas em sucesso.

Sim, continue estabelecendo padrões elevados de desempenho, e caso não alcance 100% desta meta, procure tirar as lições aprendidas e voltar para o jogo. Não desista!

Ao invés de focar na derrota, pergunte: o que “aprendi” com este erro? Reflita. Analise o erro por várias perspectivas. Muitos não visualizam a situação com este olhar de “aprendizado”, e sim de procurar um culpado.

Faça uma última pergunta: o que eu posso fazer com relação ao erro?

Quando você inicia a análise com um olhar de aprendizado e de quais devem ser os próximos passos, tudo começa a ficar mais leve e você reinicia um processo de evolução pessoal.

2- Desconectar-se do insucesso

Em um primeiro momento diante do fracasso, é preciso respirar fundo. Sair para uma caminhada, meditar, relaxar, exercite-se, etc.

Talvez parar e tomar um café ou almoçar com um amigo ou familiar.

Durma e descanse. Uma boa noite de sono pode trazer um pouco de tranquilidade para retirar aprendizados do fracasso.

O desapontamento precisar ser momentâneo, se desesperar, ficar estressado ou querer achar o culpado não parece ser uma opção inteligente.

3- VOCÊ não é problema

Pare de se concentrar (focar) em você mesmo. Não se cobre demasiadamente. É claro que não é simples! Diante da derrota nos sentimos desapontados conosco mesmo, mas lamentar não irá resolver o problema.

Perguntas do tipo:

  • Como posso superar esta adversidade?
  • O que posso fazer para ir para o próximo nível?
  • Quais os próximos passos para sair desta situação?

São perguntas que vão proporcionar uma mudança do seu “estado emocional” de: desapontado, para: “solucionador de problemas”. Uma onda positiva começa a se instalar.

Deixe seu e-mail abaixo e receba artigos e dicas imperdíveis para ter sucesso pessoal e profissional! É gratuito!

Eu gosto muito da série House of Cards da Netflix. Existe o personagem principal que é interpretado pelo excelente ator Kevin Space na figura de Frank Underwood, que é um congressista ambicioso que deseja tornar-se presidente dos EUA.

A trama é repleta de luxuria, ganância, poder e corrupção. Porém, Frank é traído quando apoia um candidato a presidente que vence as eleições e iria indica-lo para Secretário de Estado. É claro que ele fica arrasado e devastado pela traição. Frank tem sede de poder!

Porém, ao chegar em casa arrasado pela traição, sua esposa (Claire) faz justamente as perguntas sugeridas acima (de uma forma mais Hollyodina é claro!).

Claire diz claramente para Frank que ele não é aquele homem fracassado e arrasado que está diante dela. Ela informa que se casou com outro Frank, e diz tudo isso de uma forma muito elegante, mas dura.

O objetivo dela é justamente provocar em Frank um sentimento de que ele precisa pensar em alternativas para sair daquela situação.

Claire faz uma pergunta bem clara: qual é o seu “novo” plano para chegar a presidência dos EUA? Frank passa a noite em claro.

Já no café da manhã ele informa Claire que tem um plano claro e irá iniciá-lo imediatamente.

Ela simplesmente informa que este é o homem com quem ela se casou!

Todos nós temos a oportunidade de recomeçar…

4– Gratidão & Serviço & Transformação & Desenvolvimento

Procure encarar este “fracasso” momentâneo como uma etapa, mas acima de tudo encare com gratidão. “Escolha” passar por este período com um sentimento de gratidão. Encare como mais um desafio a ser superado. Esta mudança de atitude diante do problema é um passo importantíssimo.

A opção é: vou encarar esta situação com alegria e gratidão. Vou me desafiar a passar por mais este momento, reconhecendo que fracassei, mas também reconhecendo que posso superar e alcançar o sucesso.

Lembre-se que toda esta conversa é entre você e você mesmo. É um diálogo interno onde muitos preferem se fazer de vítima, procurar culpados e se lamentar, mas é preciso recusar este caminho.

Uma parte importante é procurar refletir sobre o que EU aprendi sobre mim mesmo e como EU SOU. Como posso fazer diferente daqui para frente? Sem lamentações!

Conclusão

A sequência não importa, mas seguir as etapas acima lhe permitirá aprendizado, desenvolvimento e a transformação de derrotas em sucesso. Com o tempo, esta atitude se tornará um hábito e você irá passar pelas dificuldades de uma forma muito mais suave e automática, onde muitas vezes você nem se permitirá lamentar-se pelas derrotas.

Um abraço.

Vida que segue!

Jeferson Peres.

Se você gostou, curta e compartilhe!

Facebookgoogle_pluslinkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *