Realizar paradas estratégicas ao longo do dia pode melhorar nossa produtividade

Facebookgoogle_pluslinkedin

De uma forma geral, muitos de nós passa boa parte do dia sentado (com algumas exceções é claro!). Mas definitivamente, ficar longos períodos sentados não é bom para a nossa saúde. Ficar de pé pode aumentar nosso nível de energia e também melhorar nosso humor!

Existem empresas que estão adotando bancadas de trabalho que permite aos colaboradores trabalharem sentados ou de pé. Esta é uma excelente notícia!

É preciso também incluir paradas estratégicas para conseguirmos cumprir uma agenda cada vez mais carregada. Estas paradas podem inclusive estar programadas em nossa rotina/agenda. Pode ser 5/10 minutos para um café ou água, dar uma volta no quarteirão/fábrica ou simplesmente ficar sem fazer nada (intencionalmente!). Esta ação melhora nosso nível de produtividade.

Todos nós precisamos parar periodicamente. Muitas vezes ignoramos a importância das paradas estratégicas, supostamente em nome de se fazer mais. Mas é justamente o oposto que ocorre quando não interrompemos o nosso trabalho, a nossa produtividade é terrivelmente prejudicada. Ficamos sem foco. Sentimo-nos incompetente por não conseguir realizar uma tarefa e começamos a cometer pequenos erros, e até mesmo esquecer-se das coisas ou apresentar dificuldades com o assunto que estamos estudando, trabalhando ou desenvolvendo.


Nosso corpo tem uma resposta natural de refluxo ao estresse, que nos permite trabalhar firme e posteriormente relaxar e nos recuperar. O desafio ocorre quando desencadeamos sistemicamente e frequentemente essas respostas. É preciso realizar paradas estratégicas ao longo do dia para evitar um colapso.

Deixe seu e-mail abaixo e receba artigos e dicas imperdíveis para ter sucesso pessoal e profissional! É gratuito!

Acontece que quando iniciamos uma atividade, muitas vezes podemos passar uma manhã inteira discutindo, desenvolvendo e trabalhando em um determinado projeto. Mesmo que tenhamos a intenção de realizar uma parada, é possível olhar no relógio e descobrir que já está na hora do almoço e não foi possível realizar duas ou três pequenas paradas (intencionais!).

Como criar gatilhos e programar as paradas

Gosto bastante da seguinte frase:

O que pode ser medido pode ser melhorado. Peter Drucker

Estamos falando de incluir um hábito em nossa rotina. Já escrevi um post com dicas interessantes para estabelecermos hábitos, clique aqui para ler.

Uma vez que começarmos a medir e acompanhar, iremos automaticamente iniciar a solidificação deste hábito. É claro que haverá dias em que não será possível a pausa, mas estes dias precisam ser a exceção. É necessário possuir uma estratégia para incluir as paradas de forma intencional, segue abaixo quatro formas para incluir as paradas estratégicas em nossa rotina:

1. Utilize a tecnologia. Atualmente existe uma infinidade de aplicativos que podemos utilizar para nos alertar, assim como “simples alarmes” que pode nos avisar que é hora do “recreio”. Não negligencie as paradas. Eu utilizo bastante o Evernote, mas o simples alarme do seu celular pode ser uma boa alternativa. Considere verdadeiramente adotar esta prática.

O lembrete que você precisa realizar as pausas tem como objetivo apoiar você no alcance de suas metas e objetivos a longo prazo, pois a parada pode ajudar você a possuir maior clareza e foco. A pausa irá proporcionar uma “recarga” e não tem como objetivo distraí-lo!


2. Trabalhar de pé. Lembra que no início falamos sobre ficarmos sentados por longos períodos!? Possuir um tempo/janela para uma rápida caminhada ou trabalhar um pouco em pé é fundamental para a saúde do nosso corpo e consequentemente nossa produtividade é maior. A ilustração abaixo é para descontrair!


3. Coloque na sua agenda. Existe uma frase no meio empresarial que diz: “o que agendamos e colocamos prioridade é realizado”. Logo, precisamos ser mais efetivos com nossas agendas e realmente programar como será o nosso dia. Programar uma parada entre uma atividade e outra é mandatório para melhorar nossa produtividade. Podemos também utilizar post-it ou avisos em “quadros visuais” que estamos em constante contato. O Agendamento das atividades precisa ser realizado com muito cuidado pela manhã ou no dia anterior. Escrevi um artigo sobre “Gestão de Tempo e Tarefas”, clique aqui para ler.

4. O Hábito. Uma vez que realizamos as três etapas anteriores, a consolidação do hábito será uma questão de tempo e pratica. Temos que intencionalmente construir este hábito. Reconhecer os efeitos negativos da ausência de “paradas estratégicas” é importante, pois pode deixar você ciente do que está “perdendo”. Precisamos insistir e consolidar este hábito. pense nisso!

É importante lembrar que a parada não é uma “folga das tarefas importantes”. Paradas “não é apenas uma boa ideia”. Na verdade é necessário paradas estratégicas para melhorar nossa saúde e também contribuir para a produtividade e consequentemente o seu sucesso.

Deixe um comentário, adoraria saber se você gostou do artigo.

Um grande abraço!

Vida que segue!

Jeferson Peres.

Nota.: ajude a divulgar este trabalho, compartilhe e curta! Se acredita que o artigo pode fazer o bem para algum colega, amigo ou familiar, indique a leitura.

Facebookgoogle_pluslinkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *