Sete práticas que demanda zero de talento

Facebookgoogle_pluslinkedin

 

Às vezes encontro pessoas que relatam que não conseguiram uma oportunidade de estudar ou se fazem de vítima da sociedade e do sistema. Dizem que por estes motivos não conseguem avançar em sua carreira ou vida pessoal.

Porém, existe uma série de comportamentos e atitudes que exigem zero talento. Não é necessário nenhum “super poder” e muito menos um alto grau de intelecto ou estudos para apresentar algumas boas atitudes e ser reconhecido onde você trabalha.

Pense em ser educado ou ético. Exige algum talento muito especial? Com certeza não.
Gosto bastante da frase abaixo:

Não se compare com ninguém neste mundo… Se você fizer isso, estará insultando a si mesmo. Bill Gates.

Precisamos apenas ser melhores do que fomos ontem, e não melhor que o vizinho, um parente ou o colega.

Existem vários comportamentos que permitem que você seja melhor sem nenhum talento super especial. Vou listar apenas sete.

Todas estas sete práticas que listarei, não vai exigir “talento algum”, apenas “compromisso” em ser verdadeiramente alguém preocupado e interessado em ser melhor do que foi ontem.

1 Ser ético

Muito se fala atualmente sobre corrupção e desvios na conduta de algumas figuras públicas. Agora trazendo para o nosso dia a dia, para o seu e o meu, será que ser ético é um comportamento que exige muito estudo ou algo do tipo? Com certeza não. Exige um grande comprometimento.

Pense no transito, quando devemos dar passagem ao pedestre e não o fazemos? Avançar em um sinal vermelho?

Outro dia observei uma pessoa descarregando entulho (lixo mesmo!) em um lugar inapropriado e proibido. Havia inclusive uma placa indicando a proibição.

(1) Sejamos éticos.

2 Possuir atitude

Estava chegando para uma reunião e precisei ligar o “Datashow”, passar um cabo por cima da mesa, ir do outro lado para ligar, etc. Ninguém se prontificou a me apoiar. Haviam sete pessoas na sala e ninguém mostrou ATITUDE para me apoiar na ligação dos equipamentos para a reunião.

Será que estamos dispostos a ajudar as pessoas mesmo? Estamos falando de atitude!

Exige algum “super” talento ser prestativo com os demais? Eu particularmente avalio muito esta prática de ATITUDE e gostaria de relatar um ocorrido recente: como gestor de uma fábrica, observei no final do turno que um novo colaborador (temporário), recolhia todos os parafusos, arruelas, porcas, etc, do chão e recolocava em suas respectivas caixas, e depois varria o chão. Isso é o que chamo de atitude. Outros colaboradores, simplesmente chegam ao final do turno e vão embora.

Atitude é uma prática que com absoluta certeza demanda zero de talento e está em desuso ultimamente.

(2) Tenhamos e sejamos pessoas de atitude!

3 Ser esforçado

Olhando para o exemplo acima do Operador que demonstrou excelente atitude, após três meses nós o efetivamos em outra área, inclusive com um salário muito maior que ganhava na atividade anterior, pois era claramente uma pessoa esforçada e que estava sempre disposta a ajudar.

Apesar de ser uma pessoa simples, demonstrou um alto grau de empenho, esforço e atitude. O operador não precisou fazer MBA nenhum para ser efetivado.

Pessoas esforçadas são percebidas com muita facilidade, e infelizmente raras de serem encontradas.

(3) Procure se esforçar e você estará mais próximo dos seus objetivos.


4 Estar presente

Atualmente temos muitas distrações que nos impedem de estarmos 100% presente. Em alguns momentos nos distraímos e acabamos não estando disponível para a pessoa ou para a atividade que nos dispomos a realizar.

A TV, rádio, e-mail, internet e o celular muitas vezes nos atrapalham e nos impedem de verdadeiramente estarmos presentes.

Não acham que é no mínimo deselegante você estar falando com a pessoa e ela estar visualizando mensagens no WhatsApp?

Em algumas reuniões/situações a tecnologia pode ser utilizada a nossa favor, e agilizar e otimizar processos, tomada de decisão, etc, mas em outros momentos pode nos atrapalhar. Devemos ter o bom senso para saber este momento e deixar o celular de lado e verdadeiramente estar mais presente.

(4) Desafie-se a estar presente!

5 Ser pontual

Quanto custa ser pontual? Precisa de Doutorado em Harvard para ser pontual? Imagino que é uma questão de planejamento e principalmente compromisso.

Pense em uma entrevista onde você é o único entre cinco candidatos que chega atrasado?Podemos ter o melhor argumento possível, mas vai passar uma imagem ruim.

Ser pontual exige principalmente compromisso e antecipação. Precisamos nos organizar. Eu tenho uma reunião as 8:20 diariamente e estava me atrasando. Coloquei um despertador no celular (5 minutos antes) com um toque bem extravagante. Foi o suficiente para conseguir ser pontual.

Conclusão: organize sua agenda e seja pontual. É claro que problemas ocorrem e um atraso ou outro eventualmente irá ocorrer, mas não deve ser a regra.

(5) Seja Pontual

6 Saber ouvir

Entendo que esta é uma prática muito difícil de ser praticada, mas não exige conhecimentos avançados. Estejamos abertos a ouvir com atenção o outro, e principalmente não devemos  interromper. Estamos muitas vezes preocupados com a resposta e esquecemos-nos de ouvir.
Precisamos exercitar a arte de ouvir.

Um dos principais pontos para aprimorar nosso desenvolvimento é sem dúvida aprender a escutar o outro. Temos que desenvolver uma escuta ativa!

(6) Ouvir com atenção

7 Colocar paixão e determinação naquilo que fazemos

As pessoas fazem o que fazem de forma extremamente desinteressada. Fico impressionado como algumas pessoas se comportam, não existe determinação alguma. Fazem por fazer!

Quando você está fazendo algo com determinação e paixão, fica evidente a sua verdadeira preocupação com o resultado e com as pessoas.

Mesmo quando temos limitações, se colocarmos uma dose de determinação em nossos propósitos, teremos muito mais chances de alcançarmos nossos objetivos.

Pessoas determinadas conseguem ultrapassar e vencer barreiras com maior facilidade. Ao enfrentar um problema, conseguem através da determinação triunfar.

(7) Seja determinado em seu propósito

Resumo:

1 Sejamos éticos incondicionalmente

2 Possuindo atitude de apoiar e resolver as dificuldades do dia a dia

3 Nos esforçando de forma constante

4 Estando presente verdadeiramente para as pessoas

5 Sendo pontual

6 Ouvindo atentamente

7 Colocando determinação em nossas atividades.

Estas são as sete práticas que demanda zero de talento!

E você, concorda que estas práticas demandam zero talento? Deixe seu comentário.

Um abraço,

Vida que segue!

Jeferson Peres.

Facebookgoogle_pluslinkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *